A nossa Equipa

 
 

 

Mesa da Assembleia Geral

Presidente: Sérgio Aires 

            Sociólogo - Consultor da EAPN Portugal - Rede Europeia Anti-Pobreza, 

            Presidente da EAPN - Europa (European Anti-Poverty Network)

Secretário: Luis Carreiro

            ATSEP (Air traffic safety electronics personnel) - NAV Portugal EPE

Secretário: Inês Santos

            Estudante do Curso "Assistente Veterinária"

 

Conselho Fiscal

Presidente: José João Rodrigues 

            Agente de Desenvolvimento Local

Secretário: Tânia Gaspar

            Técnica de Projetos e Atividades de Desenvolvimento Local

Secretário: Nuno Caro

            Geógrafo - Professor

  

Direção

Presidente: Raquel Tavares

            Antropóloga- Educação de Adultos, Desenvolvimento Local e intervenção comunitária

Secretário: Maria Picoito

            Psicóloga - Técnica de Intervenção Comunitária

Tesoureiro: Célia Lavado 

            Geógrafa - Coordenadora de Projetos Animar (Associação de Associações de Desenvolvimento Local)

 

Sócio Honorário 

 

Carl Honoré

 

 
 

A Associação 

É uma ONG enquadrada pelos valores do Movimento Slow que pretende aplicar na prática os seus princípios e filosofia em prol da Qualidade de Vida e do Desenvolvimento Sustentável, Solidário e Integrado para as comunidades ambiente e indivíduo. 

 

Slow  Portugal é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, laica e apartidária, que iniciou a sua criação em 2009 e foi formalmente registada em Agosto de 2010. Somos pessoas motivadas e sensibilizadas para as temáticas abordadas, temos formação, motivação e diversidade curricular e profissional, somos oriundos de diferentes áreas profissionais e científicas. As experiências profissionais dos nossos membros, consultores e sócios fundadores, são desenvolvidas tanto a nível nacional como internacional, em instituições públicas e privadas, associações de desenvolvimento local, escolas, organizações não governamentais ou empresas desenvolvendo trabalho técnico no âmbito de projectos e programas ligados à solidariedade, desenvolvimento sustentável e comunidades locais, à luta contra a exclusão e contra a pobreza, formação e qualificação escolar e profissional, certificação de competências, cultura e lazer. O que nos une é uma forte motivação para a divulgação do  Movimento Slow em Portugal. 

 

 

Pode descarregar um documento de apresentação da nossa Associação.