Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades!

  • Facebook Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

Parceiros:

Slow Movement © 2018

Slow School: um projeto concreto.

 

 

A dinamização de um programa denominado ‘Slow School’ é um projeto de longa data na Slow Movement Portugal.

 

Trata-se de uma ação de dinamização de um espaço constituído por formas de educação não formal e dirigido a diferentes públicos (escolar, famílias, crianças, público em geral) onde constem diversas atividades como workshops, oficinas, ateliers, eventos, palestras, e outros que permitam tornar o mundo e a vida como um recurso educativo multifacetado e transdisciplinar para ser abordado numa perspetiva de educação consciente.

 

Slow School, uma das vertentes do ‘Movimento Slow’, na sua filosofia geral pauta-se por valorizar uma pedagogia que não é possível ser veiculada pelo sistema apressado de ensino, com a sua ênfase na fragmentação e especialização do conhecimento, nas metas e sucessos quantitativos, na pressão, no acumular de informações, na competitividade, na padronização e homogeneização dos ritmos e formas de aprendizagem, currículos ou metodologias. 

 

A educação sem pressa pode criar identidade a partir da forma como organiza o espaço e tempo educativos, os conteúdos e os métodos que assentam nos princípios que gerem o movimento slow em geral.

Com a educação sem pressa pretende-se que a aprendizagem seja um caminho consciente, no qual o aprendiz possa formar-se descobrindo e descobrindo-se, perdendo-se por percursos e pormenores escondidos, usufruindo da viagem ao invés de se centrar na chegada, trocando salas de aula por avenidas e transformando folhas de árvores em páginas de livros.

 

A escola do vagar deve permitir dar tempo ao tempo, abrir-se ao não programado, dar margem para a reflexão, para a descoberta, a experimentação, a criatividade e o desenvolvimento holístico.

Deve permitir maravilhar-se e envolver-se, resolver problemas, questionar-se, pensar mas também emocionar-se... a pedagogia Slow School, deve assim largar o paradigma da aprendizagem superficial por uma mais profunda trocando o acumular rápido e ininterrupto de informação e permitindo que esta se torne em conhecimento e, sobretudo, que o conhecimento se transforme em sabedoria.

 

É este o projeto que a Slow Movement Portugal está a implementar na Antiga Escolinha Primária da Aldeia de Camondes, um espaço que servirá simultaneamente de sede da Associação e que teve a sua inauguração no dia 14 de outubro de 2018.

 

Em parceria com a Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos e com a participação ativa da população da aldeia, a intenção é elevar este espaço, agora recuperado, a um estatuto digno do provérbio africano "É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança". Sendo que, neste espaço, se consideram "crianças" cada um de nós, que usufrui dele em atividades e eventos, e a "aldeia" o conjunto de todas as pessoas que se interessem pelo projeto e que dele, de uma forma ou doutra, participem.

 

São todos benvindos: para conhecer o espaço e o projeto ou para mais informações, por favor contacte-nos.

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Partilhar no LinkedIn
Partilhar no Pinterest
Partilhar no Google +
Gosto
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now